Quanto devo cobrar pelo meu trabalho

O lugar de toda Mulher

Quanto devo cobrar pelo meu trabalho

Olá meninas, tenho recebido muitos e-mails querendo saber quanto cobrar pelos serviços, então resolvi escrever um pouco com a ajuda de meu marido que criou uma planilha que nos ajuda bastante, vamos lá.

Planilha atualizada para a versão 1.3

O primeiro que temos que observar é que nem tudo que entra é lucro, logo para sabermos o quanto cobrar devemos saber o quanto gastamos, anote tudo, mas tudo mesmo, não deixe escapar nada de suas anotações e não esqueça de anotar tudo que entra também.

Depois de tudo anotado, vamos começar a observar e alimentar a nossa planilha. (baixe a planilha clicando aqui)

Vamos ver algumas informações sobre a planilha.

Ela possui 4 abas:

  • Receita – A aba receita serve para registrar tudo o que ganhamos, não esqueça de colocar nenhuma entrada.
  • Gastos – Na aba Gastos vamos colocar todas as saídas de dinheiro, seja despesas fixas como aluguel, telefone ou outros gastos mensais como também devemos colocar as despesas variaveis (transporte, lanche, etc).
    Não esqueça de colocar seu salário.
  • Geral – A aba geral é alimentada pelas demais abas, ou seja, você não precisa adicionar nenhuma informação nela, ela serve para termos uma visão geral das finanças.
  • Gráfico – E por último a aba Gráfico, que mostrará um gráfico em forma de pizza para termos uma visão mais abrangente de nossas finanças.

Observações importantes:

Para saber se seu preço está de acordo com a realidade de suas clientes faça uma pesquisa (ou peça para alguém fazer por você) sobre os preços praticados por outras manicures de seu bairro.

Depois de tudo preenchido em sua planilha você deve ficar com pelomenos 30% de lucro fora o seu salário, esse lucro não é seu, ele é de seu negócio e deve ser usado para ampliações, investimentos, cursos e especializações.

Atualização.
Esqueci de falar que você deve oferecer as unhas decoradas como um serviço a mais, exemplo:

  • Lixar, cuticular e pintar cobra-se um valor, com o desenho acrescenta-se um valor a mais.
  • O valor do desenho deve ser de acordo com o grau de dificuldade de fazê-lo e tempo gasto.
  • Você pode cobrar por unha desenhada ou por conjunto (as dez unhas).
  • Existe pessoas que preferem desenhar só em algumas unhas, por isso você deve ter o valor individual do desenho.

Eu cobrava assim:
Para fazer o desenho nas dez unhas da mão eu cobrava por exemplo 10,00.
Se a cliente quizer somente 2 unhas de cada mão, ou seja, quatro desenhos, eu dividia o valor do conjunto (10,00) pelos dez desenhos e acrescentava 50% a esse valor.
Vou fazer a conta – Dez desenhos custam 10,00 – quatro desenhos  custam 4,00 mais o acrescimo de 50% em cada desenho, totalizando 6,00 os quatro desenhos (Valor de cada desenho 1,50).
Esse é apenas um exemplo, você fazer sua tabela de preços no seu mostruário.

Veja um exemplo de mostruário clicando aqui.

Para ilustrar esse artigo deixo um modelo de unha decorada para vocês.

Que Deus abençoe abundantemente.